Cachorro adulto: de casa para apartamento

Decidi tirar a poeira do blog, e vou começar uma série de posts, falando sobre a adaptação de um cão adulto que precisa sair de uma casa e ir para um apartamento. Nesse primeiro post, vou dar algumas dicas gerais, e nos próximos vou tentar fazer um diário da experiência que estou vivendo.

Tenho duas cadelas Labrador, que viviam em uma casa com quintal, em Belo Horizonte. Ano passado, mudei-me para o Rio de Janeiro, para morar em apartamento, e deixei as duas para trás. Agora, Phoebe está com quase 8 anos, e precisando de cuidados mais intensivos, e decidi trazê-la para morar comigo.

Pensei em compartilhar essa história aqui, porque é um problema comum. Pessoas que se mudam de casas para apartamentos, e decidem doar o cão, ou não sabem o que fazer com ele. Então, vou contar para vocês, que leem esse blog (oi, tem alguém aí?), as confusões de uma Labradoida num apartamento de dois quartos.

Levar um cão de uma casa para um apartamento pode ser uma decisão difícil, dependendo do tamanho, da idade, do nível de energia e da educação do bicho. Mas a adaptação é possível, se o dono estiver comprometido e disposto a fazer os sacrifícios e as alterações que forem necessários.

Quanto melhor o cão tiver sido adestrado, e quanto mais acostumado ele estiver a aprender coisas novas, mais simples será lidar com as situações novas que aparecerão. Por exemplo, um cão que tenha um bom treino de banheiro, e saiba associar o jornal ou tapete higiênico com o lugar do xixi, terá muito mais facilidade em se adaptar com o banheiro no novo arranjo.

Além disso, é importante criar uma rotina de passeios. É comum que donos de cães de quintal negligenciem a importância dos passeios, porque o cão já “tem espaço pra brincar”.  Passeios não são apenas exercício físico, são uma forma de socialização, de generalização de aprendizado, e de estímulo mental. Mesmo cães que vivem em casas devem passear pelo menos uma vez por dia. Se já estiverem acostumados a sair, e já souberem se comportar na guia, a vida em apartamento será um desafio um pouco menor.

Um outro item que pode ser muito interessante para a vida em apartamento é o treino de caixa de transporte. Acostumar o cão a considerar a caixa de transporte como lugar seguro, onde ele rói coisas, descansa e viaja, pode ajudar muito na hora de deixá-lo sozinho dentro do apartamento, ou de colocá-lo para dormir. Um cão habituado à caixa de transporte, e que relaxa lá dentro, se adapta mais facilmente a novos ambientes, porque sempre tem seu lugarzinho familiar.

Um último aviso importante: quando o cão é treinador por um profissional que não envolve o dono no processo, é comum que, chegado o fim da prestação de serviços do adestrador, o dono considere que o adestramento terminou. Adestramento nunca termina, da mesma forma que educação de filhos. É importante manter o cão sempre aprendendo coisas novas e repassando os velhos aprendizados. Isso o manterá estimulado e adaptável, e tornará sua relação com ele cada vez melhor.

No próximo post, conto mais da primeira noite da Phoebe na nova casa.

Anúncios

10 Responses to “Cachorro adulto: de casa para apartamento”


  1. 1 Vivian 9 maio, 2011 às 12:05 pm

    Bem… se coloca no lugar da Phoebe!
    É uma puta mudança… ela deve estar a mil, adrenalina, agitada… afinal ela está com você.
    A cada dia vai ser uma grande adaptação, e ela é uma linda, e vai se adaptar.
    Meu maior problema quando trouxe a Fendi, foi fazer xixi na rua presa, ela ainda atacava outros cães branquinhos e fofos…!

    Mas nada como um dia após o outro!

    Ela está tão gordinha assim…??

  2. 2 Deborah Leão 9 maio, 2011 às 4:41 pm

    Ah, estou preparada, e acho que ela vem se comportando até melhor do que esperava. Aliás, a cada dia fico mais convencida do quanto é importante adestrar bem os cães, facilita a vida dum tanto…

    Ela tá bem gorda, daquele jeito que a cabeça parece desproporcional, sabe? Dieta já começou hoje.

  3. 3 Gabi 9 maio, 2011 às 5:45 pm

    Oba!! Vou acompanhas as peripecias da dona Phoebe! Uma pena eu não ter conseguido vê-la.. saudade dessa loira maluca! Vida longa à mais nova lab carioca!!

  4. 4 Soraya Teixeira 15 maio, 2011 às 10:45 pm

    Deborah,

    meu marido me mandou o link do blog dizendo que tinha certeza de que eu gostaria. Venho ver e descubro que é o seu, que eu lia muito lá na comunidade do orkut. Aliás, a comu (e você) me ajudou muito anos atrás com meu teckel filhotinho que hoje tem 4 anos e está muito bem. Hoje temos uma SRD com 1,5 ano que começou no agility e agora faz adestramento na mesma escola. Fazemos a aula 2 vezes por semana e treinamos todo dia os truques e toda hora o comportamento. Obrigada por me possibilitar começar aprender sobre o assunto. Eu e os cães agradecemos.

    Adorei e vou acompanhar a mudança da Phoebe, espero que ela fique bem o mais rápido possível.

    Abraço para as duas!

    • 5 Deborah Leão 15 maio, 2011 às 11:03 pm

      Oi, Soraya!

      Você não faz ideia de como fico feliz em saber que pude te ajudar. Foi por isso que me mantive tantos anos respondendo na Dicas, e hoje, quando não tenho mais tempo nem paciência pro Orkut, é o que me faz vir aqui e escrever.

      Muito legal saber que, além de tudo, sua matilha aumentou, e agora vocês treinam agility. Treinei com as minhas por um bom tempo, em BH, e parei porque não estava dando para conciliar horários e locais. É uma delícia, vocês vão se divertir muito.

      Espero que curta acompanhar as desventuras da Phoebe. Tem sido um belo exercício aprender a lidar com alguns problemas. Aceito opiniões e sugestões de todo tipo, sinta-se à vontade para comentar.

      Um grande abraço pra você e pras suas peludas =)

  5. 6 Chirlei 29 junho, 2013 às 7:34 pm

    Boa noite,estou precisando de ajuda…
    Eu acabei de me separar e me mudei para um apto com minhas 2 princesas (uma pequines e outra vira lata) a vira lata é super dependente da minha presença,não consigo ir na padaria sem ela fazer um escandulo e quase derrubar a porta do apto.
    Nesse novo recomeço não tenho condições de pagar adestramento e não queria ter que dar elas.me ajude por favor

  6. 7 Luiza 22 setembro, 2013 às 12:19 pm

    Ola pessoal, preciso de uma ajuda de vcs, tenho um fox paulistinha morava em casa, mas o meu cachorro só fazia xixi no jornal, então me casei e mudei para um ap, e ele esta fazendo xixi por todo lugar, eu coloco jornal na area de serviço, mas ele nao faz lá de jeito nenhum… enfim o que devo fazer para ele fazer xixi no local certo?

  7. 8 Deise 3 abril, 2014 às 12:11 pm

    olá gostaria de opiniões , tenho 2 cachorras nós moravamos em uma casa e mudamos para apartamento ,só que elas fazem xixi por tudo e não querem ficar nem um minuto sozinhas mesmo levando varias vezes ao dia para caminhar oque posso fazer?

  8. 9 Como Adestrar Cães 6 abril, 2015 às 6:24 am

    Você tocou em um detalhe muito importante ao final do texto, que é manter o adestramento, isso os adestradores não ensinam, em mais de 90% dos casos os cães acabam esquecendo tudo que foi ensinado, pois é preciso manter os treinamentos, é por isso que que eu criei um curso de como adestrar um cachorro, se alguém quiser conhecer aqui está o site http://bit.ly/1B7PN8a

    O Adestramento de cães deve ser iniciado com 4 semanas de vida, mais todos cães podem ser adestrados independente da idade,raça ou tamanho.

  9. 10 Welma Cardoso 20 junho, 2016 às 10:01 am

    Que massaaaa! Procurando sobre transição de casa para apto para labrador, descubro uma com o mesmo nome da minhaaaa!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seja bem-vindo!

Este site é uma extensão da comunidade Dicas de Adestramento do Orkut.

Leitores online

web counter

Pesquisar

A função abaixo permite que você localize rapidamente tudo que foi publicado a respeito do termo buscado.

+

Pavê ou pacomê?

Acessos

  • 736,090 visitantes desde jan/08

%d blogueiros gostam disto: