Archive for the 'Notícias' Category

Cães são transformados em pandas e cavalos em torneios de criatividade nos EUA

 



Cães são transformados em pandas, búfalos, cavalos e até em camelos, pelas mãos dos seus próprios donos, em competições, no mínimo inusitadas, nos Estados Unidos. Os animais passam por cerca de duas horas de transformação numa disputa pelo visual mais criativo, como mostra o site "Mail Online".
As transformações são clicadas pelo fotógrafo Ren Netherland, de 48 anos, que viaja pelo país registrando cada disputa. Ele conta que, quando os cachorros chegam à arena para a apresentação ou competição, ninguém tem a menor ideia no que eles vão se transformar.
– A transformação por qual eles passam é simplesmente sensacional. Não há outra palavra para isso. É impressionante o que os donos fazem em tão pouco tempo – afirma Netherland.
O fotógrafo registra as fotos dos poodles vencedores há dez anos. Ele diz amar o trabalho e revela uma das transformações que mais o surpreendeu até hoje:
– A que me chocou mais foi o cavalo. A forma que o cachorro estava no início não dava nenhuma pista do que seu dono estava planejando – diz Netherland, acrescentando que os prêmios nestas competições são em torno de US$ 1 mil (cerca de R$ 2 mil).

Fonte: Extra Online

Bo, o cão Obama

BoWhiteHouse

Foto oficial – Chuck Kennedy

Ontem, dia 19 de junho, foi divulgada a primeira foto oficial de Bo, o cãozinho da família do presidente americano Barack Obama, na qual o peludo aparece sorridente (Não tenho dúvida de que ele está sorrindo!), tendo a Casa Branca ao fundo.

Bo foi um presente do senador Ted Kennedy para a família Obama, o que permitiu ao presidente cumprir a promessa feita a suas filhas, Sasha e Malia, no discurso de eleição.Bo recém-chegado

A escolha do cãozinho não foi simples. Inicialmente, o presidente havia afirmado que adotaria um cão em um abrigo. Porém, Malia é alérgica, e um cão que soltasse muito pelo poderia se tornar um problema, ao invés de uma alegria. Assim, decidiram selecionar melhor a raça do futuro bicho de estimação.

Inicialmente, foi oferecido a eles um Pelado Peruano – um cão de tipo primitivo, pertencente ao grupo 5 da FCI, e que não tem pelos no corpo, assim com o Pelado Mexicano e o Cão Chinês de Crista.

Porém, as meninas ficaram mais interessadas em outras duas raças consideradas hipoalergênicas: o Labradoodle (que nem pode ser considerado oficialmente uma raça, sendo, na verdade, um mestiço de Labrador com Poodle) e o Cão D’Água Português, uma raça portuguesa de cães recobradores – os retrievers –, pertencente ao grupo 8 da FCI.

Por fim, a decisão foi tomada: Bo, o Cão D’Água Português, chegou para os Obama com 6 meses, depois de ter morado em outra casa, e não ter se adaptado bem. Esse é um cãozinho que tirou a sorte grande: com aquele gramadão, vai levar uma vida de rei – ou de “primeiro-cão”.

Pelo vídeo da chegada, dá para perceber que o bichinho não vai demorar muito a estar plenamente adaptado:

Mais algumas fotos de Bo, tiradas pouco depois de sua chegada à Casa Branca:

BoBarackGirls BoObama BoMalia

Fotos de Getty Images

Melhores amigos, cachorro e cavalo brincam de pega-pega na Alemanha

O fazendeiro alemão Jurgen Schmidt, 52, assiste diariamente à brincadeira entre o cachorro Freya e o cavalo Asti. Considerados melhores amigos, os animais brincam de pega-pega todas as manhãs, quando Schmidt leva o cão de sete anos até o estábulo onde fica o cavalo de 12. “Eles fazem isso desde que Freya era filhote e nunca se machucaram. É incrível”, afirmou o fazendeiro ao jornal britânico “The Sun”. A fazenda fica em Buchkoebel, na Alemanha.
Vou te pegar!

Atividade faz parte da rotina dos animais desde que o cão era filhote. achorro chamado Freya tem sete anos e o cavalo Asti tem 12.

Agora é a minha vez!

Tá com você!

Bocejo de humanos contagia cães, diz estudo

O ato de bocejar é reconhecidamente contagioso, mas agora cientistas demonstraram que cães de estimação também podem se contagiar pelo gesto.

Soooono!

Uma equipe do Birkbeck College, da Universidade de Londres, sugeriu que copiar este ato é um sinal de empatia das mascotes com os donos.

Bocejar, embora às vezes constitua uma resposta a estresse intenso, é mais freqüentemente um sinal de cansaço; mas a razão por que o ato é contagioso ainda não foi totalmente explicada.

Evidências indicam que indivíduos autistas são menos inclinados a bocejar em resposta ao bocejo alheio, sugerindo que o “contágio” revela, na verdade, certa empatia entre as pessoas, explicou o cientista Atsushi Senju.

A equipe de pesquisadores realizou testes com 29 cães, animais conhecidos por sua habilidade em reconhecer comportamentos sociais humanos, e relatou as conclusões na revista científica Biology Letters.

Foram criadas duas situações, cada uma com cinco minutos de duração. No experimento, uma pessoa estranha ao cão sentava em frente ao animal e o chamava pelo nome. Só após um primeiro contato visual o estranho bocejava.

Na segunda situação, repetia-se o mesmo procedimento, mas desta vez o estranho apenas abria e fechava a boca, sem bocejar. De acordo com Senju, esta foi uma preocupação para se certificar de que o cão não estava apenas respondendo a abrir e fechar da boca.

Empatia

Segundo os resultados da pesquisa, 21 dos 29 cães observados bocejou logo após o estranho – em média 1,9 vez. Em contraste, nenhum cão bocejou quando o estranho não o fez.

Para os pesquisadores, estes resultados constituem uma primeira evidência de que cães têm capacidade de estabelecer empatia com humanos.

“Cães têm uma capacidade especial de ler a comunicação humana. Respondem quando apontamos e quando sinalizamos”, disse Senju.

Em seu artigo, os cientistas explicaram que a explicação é tão antiga quanto o início da relação entre homens e cães, há cerca de 15 mil anos.

Segundo eles, os animais foram escolhidos para a domesticação não apenas por suas orelhas espertas e o ‘olhar pidão’, mas porque são dóceis e obedientes.

Os resultados do novo estudo sugerem que a empatia entre espécies é outro traço que pode explicar as razões para a longa relação dos cãezinhos com seus donos.

Fonte: BBCBrasil.com

E dizem que a paz não é possível…

Esta história aconteceu recentemente na Província de Manitoba, no Canadá e foi documentada por um fotógrafo.

Os huskies siberianos estavam indefesos, presos  na coleira quando, de repente, lhes surge um imenso urso polar…

Mas o inevitável aconteceu. E, para felicidade dos cães, o urso queria só… brincar.

 

E ainda tem gente que pensa que a paz é impossível…

Marley & eu ganha teaser trailer

O filme Marley & eu está previsto para estrear nos cinemas americanos no dia 25 de dezembro.

Todo cachorro merece um lar feliz

Aonde quer que você vá, há centenas de abrigos cheios de cães procurando por um dono. São cachorros que foram abandonados por seus donos ou que nunca tiveram um lar.

Adotando um cão de abrigo ou lar transitório você não só salva uma vida, mas também dá a oportunidade para outro cachorro ser retirado da rua. Além disso, abrir seu coração para um “órfão”, geralmente resulta numa relação muito forte entre cão e dono.

Isso quer dizer lealdade, afeição e um cachorro atento por toda a vida.

Adotar é tudo de bom” é uma iniciativa de PEDIGREE® que visa incentivar a adoção de cães de forma responsável. Para isso, a PEDIGREE® abraçou toda a internet para você ajudar os cães sem lar.

Para saber mais clique aqui.

Importante:

Todos os cães inscritos para adoção do projeto “Adotar é tudo de bom” foram pré-selecionados e nenhum outro cão eventualmente abandonado nas clínicas participantes ou nas entidades parceiras será incluído neste projeto.

Abandono de animais é crime. Se você precisa de ajuda para doar um cão, clique aqui.

Fonte: PEDIGREE®


Seja bem-vindo!

Este site é uma extensão da comunidade Dicas de Adestramento do Orkut.

Leitores online

web counter

Pesquisar

A função abaixo permite que você localize rapidamente tudo que foi publicado a respeito do termo buscado.

+

Pavê ou pacomê?

Acessos

  • 722,218 visitantes desde jan/08